Descubra 5 erros de pesagem e como detectá-los

erros de pesagem
4 minutos para ler

As balanças são equipamentos de medição bastante conhecidos e utilizados em estabelecimentos comerciais, indústrias, prestadores de serviços, entre outras empresas. Para uma boa confiabilidade é fundamental que erros de pesagem sejam evitados, aumentando a precisão dos processos a partir de calibrações periódicas.

Pensando nisso, desenvolvemos este artigo com o objetivo de apresentar os principais erros de pesagem e como detectá-los e corrigi-los para evitar imprecisões durante as atividades do seu negócio. Acompanhe!

O que são erros de pesagem?

Por serem instrumentos de precisão, existem alguns cuidados que devem ser observados durante o manuseio das balanças, garantindo um funcionamento coerente e resultados confiáveis.

As características metrológicas são regulamentadas e definidas pela Portaria 236/94 do Inmetro, que traz indicações sobre a fabricação e o uso desses equipamentos no Brasil.

Os erros de pesagem podem decorrer da aquisição de uma balança inadequada para a medição, ambientes incorretos, defeitos nos equipamentos e calibração vencida. Esses problemas surgem em questões operacionais, ressaltados pelas deficiências apresentadas pela instrumentação utilizada.

Quais são os principais erros de pesagem?

As balanças são equipamentos essenciais para qualquer comércio, laboratório ou indústria. Muitos produtos e insumos exigem equipamentos calibrados que forneçam informações precisas, garantindo credibilidade ao ciclo de produção.

Nessa perspectiva, alguns parâmetros devem ser observados durante a atividade de pesagem, evitando problemas que comprometam a medição. Por isso, separamos a seguir 5 erros que devem ser detectados e corrigidos durante essas operações. Confira!

1. Carga mínima

De acordo com as especificações do Inmetro, por meio da portaria 236/94, toda balança fabricada em território nacional precisa ter a identificação da carga mínima, ou seja, o menor valor recomendado que pode ser medido por aquele equipamento.

Essas condições referem-se ao fato de que, abaixo dos valores mínimos, o erro relativo é muito alto, o que compromete a medida.

2. Troca do local de uso

A substituição do local de uso do equipamento talvez seja o erro mais comum durante o manuseio de balanças. Quando o equipamento é instalado e calibrado em uma determinada localidade, o mesmo não deve ser movido ou retirado da posição, pois a confiabilidade metrológica já não é mais garantida.

3. Nivelamento

Outro erro muito comum dentro desta temática é o nivelamento das balanças. Antes de qualquer medida, é importante garantir que a balança esteja na posição correta e no nível adequado.

Sendo assim, para que o valor registrado da massa seja correto é necessário que o nivelamento esteja adequado e o prato da balança fique no plano horizontal.

4. Tara

Após a conferência do nível é importante observar se, quando não há nenhum item sobre o prato da balança, a mesma apresenta o valor zero como medida. Geralmente as balanças contam com botões para tarar ou zerar a resultante antes da medição, auxiliando principalmente em casos onde deseja-se desconsiderar a massa de um recipiente.

5. Tempo de aquecimento

Todo equipamento eletrônico precisa permanecer um certo tempo mínimo ligado antes de entrar em um modo de operação adequado. Os fabricantes apresentam essa informação no manual técnico como warm-up ou tempo de aquecimento do instrumento.

De modo geral, a balança deve permanecer ligada por pelo menos 30 minutos antes de iniciar as primeiras medidas, garantindo maior confiabilidade e melhores resultados.

Qual a relação da pesagem com o funcionamento da balança?

Como apresentado, as balanças são instrumentos de grande importância para a indústria e comércio, gerando informações de comercialização de produtos e medidas para a fabricação de outros componentes.

Para que o processo de pesagem seja adequado e eficiente é fundamental estar atento às condições dos equipamentos utilizados. Um bom equipamento, aliado à cuidados preventivos, manutenção e calibração em dia garantem medições corretas e confiáveis.

Sobretudo, os erros de pesagem são problemas que ocorrem por causa das condições de operação. Observar as condições do ambiente, forma de utilização, a carga mínima, a tara e o nivelamento do instrumento são alguns parâmetros que devem ser detectados e corrigidos.

Gostou do nosso artigo sobre os principais erros de pesagem e como detectá-los e corrigi-los? Então siga a KN Waagen nas redes sociais e não perca nenhuma atualização dos nossos conteúdos. Estamos no Facebook, Twitter e LinkedIn!

8 dicas para fazer a verificação intermediária de suas balançasPowered by Rock Convert
Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-